O POVO EDUCADO NÃO VOTA EM VOCÊ? NÃO O EDUQUE!

9 03 2008

Regras básicas:

1. Mantenha uma linguagem pitoresca, próxima da do menos educado, inclusive com preconceitos e falsidades científicas (ou, como gostam alguns, “não-verdades”, “inverdades”…).

2. Distribua dinheiro e se preocupe pouco (ou nada) com a mensuração do impacto do dinheiro (ou mensure de forma errada) no tal bem-estar social.

3. Tome medidas hilárias, absurdas e inacreditáveis para causar barulho na imprensa, mas jamais, jamais mesmo, deixe que o debate seja mediado por alguém inteligente (dica: incentive o radicalismo para nunca ter um inimigo mais inteligente que você no debate).

Eis aí a receita do sucesso.

Retirado do blog: “De Gustibus Non Est Disputandum” (http://gustibusgustibus.wordpress.com/)

Anúncios