SEM LUZ ELÉTRICA, AULA PELA METADE

27 06 2008

Roubo de cabos pela terceira vez em escola de Queimados prejudica ano letivo de 230 alunos

Rio – As aulas de 230 estudantes da Escola Municipal Waldick Pereira, em Santa Rosa, Queimados, estão prejudicadas devido à falta de energia provocada pelo furto dos cabos de eletricidade. Há 17 dias os alunos de 1ª a 4ª séries do Ensino Fundamental, dos turnos da manhã e da tarde, assistem apenas duas horas de aula. “Se o sol aparece, a gente estuda. Caso não apareça, somos dispensados pelos professores. As salas ficam escuras e não conseguimos ler nem escrever direito”, contou um dos alunos. De acordo com a funcionária do colégio, Zilma Kaizer, 50 anos, a situação é ainda pior para os alunos que estudam à tarde. “Quando fica muito escuro, eles são liberados. A diretora da unidade, Rita Lizete, avalia se há condições de os alunos estudarem, senão eles são liberados da escola”. Esta é a terceira vez que os cabos de energia da escola são roubados. Há dois meses houve outro roubo. Os alunos ficaram sem aula durante duas semanas. “A primeira vez foi em dezembro de 2007. O ano letivo estava no fim e não houve danos na educação dos estudantes”, ressaltou Zilma. Funcionários da unidade, que preferiram não se identificar, disseram que assaltantes já levaram equipamentos, computadores, material pedagógico e até um bebedouro. “Os bandidos pulam os muros, sobem na telha e entram no colégio, assim conseguem levar o que querem”, frisou um morador do bairro. A Prefeitura de Queimados afirmou que já comprou os cabos para consertar a rede elétrica e garantiu que até quarta-feira a situação deve se normalizar. O prefeito Rogério do Salão declarou que está estudando a possibilidade de instalar câmeras de segurança no prédio para evitar assaltos.
Reforço no policiamento
A escola fica em uma área isolada, na Rua dos Piabas,no bairro de Santa Rosa. O local é deserto, o que facilita a ação de assaltantes. Devido ao problema, a secretária de Educação de Queimados, Josemaria Maria dos Santos, enviou ontem um ofício ao 14º BPM (Queimados) pedindo um reforço policial na região. A Polícia Militar afirmou que vai incluir a Escola Waldick Pereira no Programa de Patrulhamento Escolar da corporação.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: