Ciep de Caxias inova em sua avaliação bimestral

23 06 2008

 Por Adriana Baffa

 

Uma forma diferente e interessante de avaliação bimestral está chamando a atenção dos alunos do Ciep 476 – Elias Lazarone, em Duque de Caxias. Com base nas provas de concursos públicos, a unidade aplica o Teste de Conhecimentos Gerais (TCG) como forma de analisar os conhecimentos de seus cerca de 2,3 mil alunos. A próxima acontece nesta terça-feira (24/06).

 

De acordo com Kátia Bittencourt, diretora-adjunta do Ciep, o TCG ocorre em dois momentos durante o ano letivo: um no 2º e outro no 4º bimestre.

 

– Neste primeiro teste, o tema gerador usado será os 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil. Este assunto já vem sendo trabalhado na escola através de um grande projeto dirigido pelo professor Carlos Renato e que conta com a participação dos demais professores da Unidade -, explica.

 

Segundo ela, este instrumento avaliativo – que vale 3,0 pontos e substitui uma avaliação bimestral – visa proporcionar aos alunos uma visão globalizada das diversas áreas de conhecimento, uma vez que o TCG é interdisciplinar construído sobre um tema gerador.

 

Kátia diz ainda que a idéia deste tipo de teste partiu de um grupo de professores como uma forma de buscar o maior interesse do aluno pela escola. E parece que eles conseguiram. O TCG já é utilizado há quatro anos no Ciep 476 e os alunos gostam muito deste tipo de prova.

 

– Percebemos a expectativa dos alunos pelo TCG, muitos perguntam sobre materiais de consulta, sobre datas e, no dia em que ele ocorre, nota-se a concentração com que os estudantes realizam a teste. Sem dúvidas, o TCG é um valioso instrumento de avaliação formativa -, analisa Leandro Medeiros, um dos professores responsáveis pela elaboração do teste.

 

A diretora-adjunta explica que o dia da prova é especial para os alunos porque eles se sentem realmente participando de um teste mais sério, como um vestibular.

 

– Eles são separados por ordem alfabética, como nos concursos públicos, o que favorece o entrosamento com estudantes de outras turmas -, conta Kátia Bittencourt.

 

Além disso, segundo ela, as provas vêm com cartão resposta e o resultado fica disponível no site no fim do dia para que os alunos possam consultar em casa.

 

– No dia seguinte, afixamos os resultados no mural da escola e os alunos ficam super curiosos para ver seu desempenho. Parece mesmo um concurso, onde cada um pega seu resultado e compara com os dos amigos. Além de, é claro, pedirem revisão de prova em alguns casos -, brinca.

 

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: