OPINIÃO – GERAÇÃO JESUS CRISTO?

9 06 2008
 

Maria Clara Bingemer

O fanático, segundo a definição do dicionário, é aquele ou aquela que se considera inspirado por uma divindade, iluminado pelo espírito divino e por isso melhor do que os outros. É ainda aquele que tem zelo religioso cego, excessivo e intolerante. Exprime-se no transporte do furor divino. Severo e duro consigo mesmo, impondo-se restrições e limites desumanos, corre o risco de enxergar os outros com os mesmos olhos inclementes e frios com os quais se vê. E pode ver com frieza e indiferença a anulação daqueles que não partilham seus sentimentos e convicções.Nossa cidade começou a semana passada sacudida por lamentável episódio de fanatismo. Quatro jovens – três homens e uma mulher – foram detidos após invadir e destruir um centro espírita no Catete, Zona Sul do Rio. Fora, mais de 60 pessoas aguardavam, em fila, para entrar e participar da celebração. Os quatro entraram em fúria, destruindo santos, imagens, tudo que viam pela frente e gritando palavras ofensivas às pessoas presentes.

Altar, objetos de culto, nada escapou à violência cega e intolerante dos quatro jovens, que foram presos e liberados horas depois sem dar nenhuma declaração, a não ser que faziam parte de uma igreja evangélica chamada Geração Jesus Cristo. Apesar de o pastor responsável pela Igreja ter manifestado seu repúdio ao fato e declarado tratar-se de atitude isolada, uma vez que sua igreja prega a tolerância, o episódio não deixa de ser preocupante. Quando a intolerância e o fanatismo assumem tais proporções, sobretudo em um grupo religioso que declara filiar-se ao cristianismo, algo muito distorcido e desviado está em curso. Pois o evangelho de Jesus Cristo é tudo, menos intolerante ou sectário. Por isso, o fato de os quatro jovens vândalos reconhecerem sua identidade em uma igreja que leva o nome Geração Jesus Cristo impressiona e escandaliza.

Se há coisa que nos ensina Jesus de Nazaré, o Cristo de Deus, é a inclusão de todos. O diferente, o excluído, o doente, o impuro, o pagão, o idólatra, todos, absolutamente todos, encontram cidadania e acolhida em sua pessoa e sua prática. O evangelho não relata um só episódio de Jesus em atitude excludente e intolerante com pessoas ou grupos devido à sua origem, seu credo religioso, sua filiação de qualquer tipo. Exceção feita aos desonestos e corruptos vendilhões do templo, cujas bancadas derrubou sumariamente. A reprovação de Jesus dirige-se apenas à atitude que contraria a ética, a postura e comportamento. Jamais à proveniência ou à pertença diferente da sua. É assim que o vemos dialogando com pagãos como o centurião romano e cedendo ao pedido para curar seu criado. Ou dialogando com prazer à beira do poço com uma mulher samaritana e adúltera. Ou pondo como exemplo da caridade e do amor ao próximo um samaritano considerado idólatra, e não o sacerdote e o levita que corriam para o lugar do culto, abandonando o ferido à beira do caminho.No coração e no ministério de Jesus há lugar para todos, mesmo para os não-judeus. Os mais pecadores puderam encontrar carinho e acolhida em sua pessoa inocente e santa. Nunca houve na história da humanidade alguém tão distante da postura fanática que desqualifica as crenças alheias e comete violentas intolerâncias contra os que pensam, sentem e crêem diferentemente.

No evangelho de Marcos vemos um exemplo claro disso quando os discípulos, acossados pela tentação do fanatismo separatista, dizem: “Mestre, vimos alguém, que não nos segue, expulsar demônios em teu nome, e lho proibimos”. E a resposta de Jesus vem rápida e luminosa: “Quem não é contra nós, é a nosso favor”. Aí, nesta atitude, é que se encontra o verdadeiro espírito do que a Geração Jesus Cristo é chamada a ser.

 

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: