PROJETO EM PORTUGAL AJUDA PAIS A EDUCAR OS FILHOS

21 04 2008
Educação

Projecto inédito ajuda pais algarvios a educar os filhos

 
Foto

António Brito Pina, coordenador do projecto «Uma Janela Aberta à Família»
 

O projecto «Uma Janela Aberta à Família» propõe-se dar aos pais algarvios conselhos para bem educarem os seus filhos.

Os principais responsáveis pela educação de uma criança são os seus pais e a sua família. Esta é uma mensagem que tem vindo a ser veiculada em Portugal, em virtude de polémicas recentes entre estudantes e professores, mas já há meses que dá mote a um projecto inédito, lançado pela Administração Regional de Saúde do Algarve (ARSA) e pela delegação de Faro do Instituto das Drogas e da Toxicodependência (IDT).

O projecto «Uma Janela Aberta à Família» está no terreno desde Setembro de 2007 e tem, como face mais visível, os profissionais de saúde dos serviços de obstetrícia dos Hospitais de Faro e do Barlavento Algarvio. É aqui que o projecto tem uma parte fundamental, o contacto com os novos pais.

Cada vez que nasce uma criança nestas unidades de saúde, um dos enfermeiros entrega à mãe uma brochura, onde são dados alguns conselhos práticos sobre a educação e cuidados a ter com recém-nascidos e bebés até aos três anos.

Ao mesmo tempo, é dada a oportunidade a estes pais de entrarem numa cadeia de correspondência, via e-mail ou por carta, que lhes permitirá receber informação sobre as diferentes fases de desenvolvimento do seu filho e os principais problemas que surgem em cada uma delas.

Também podem tirar dúvidas, através de uma linha de apoio, que pode ser acedida através da Internet ou do correio normal.

Apesar de estar operacional há vários meses, o projecto só foi apresentado oficialmente na passada semana, numa sessão que teve lugar em Faro. Na apresentação, estiveram diferentes técnicos ligados ao projecto, entre os quais o seu coordenador António Brito Pina, que falou com o «barlavento».

Segundo António Brito Pina, «este projecto baseia-se no pressuposto de que a família constitui o primeiro grande suporte afectivo e de aprendizagem social da criança». Daí ter-se pensado em contactar as mães pouco depois de darem à luz.

Esta medida dá garantias de que o projecto chega ao conhecimento da maioria dos novos pais algarvios, mesmo que alguns optem por não seguir os conselhos ou receber informação regular.

«Este projecto, se não é único, é muito raro, a nível internacional. Cá em Portugal não há nada semelhante. Tenho falado com especialistas na matéria que me falam de projectos no estrangeiro, mas que não são bem iguais», revelou António Brito Pina.

A diferença fundamental é que este projecto «tenta apanhar todos os pais», enquanto os outros que o coordenador do «Uma Janela Aberta à Família» conhece assentam na iniciativa dos progenitores. Além disso, propõem-se a acompanhar as famílias «ao longo de anos», desde o nascimento do bebé até este atingir a maioridade.

Além da brochura entregue no hospital e da linha de apoio sempre disponível, os impulsionadores do projecto também enviarão aos pais que estejam inscritos nos seus registos informação regular, assim que os seus filhos chegarem a determinada idade. Esta informação adicional será dada numa «folha A4, escrita na frente e no verso».

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: