Escolas da rede estadual promovem atividades contra a dengue

31 03 2008

(do Portal da SEE)

Professores, alunos e comunidade se unem no combate à dengue. Em todo o estado, as ações se multiplicam dentro e fora das escolas estaduais. O Colégio Estadual Rubens Farrula, de São João de Meriti, o Ciep Brigadeiro Sérgio Carvalho, de Campo Grande, e CE André Maurois, no Leblon, são alguns exemplos de adesão à campanha contra o Aedes aegypti. 

Com cartazes, formulários e muita disposição, um exército de alunos do CE Rubens Farrula foi às ruas, com o lema “Choque de Ação contra a Dengue”. Crianças e jovens visitaram casas, percorreram terrenos baldios e orientaram os moradores sobre os cuidados necessários para se prevenir da doença.

Segundo Gilda Martins Azevedo, diretora há 20 anos do Rubens Farrula, o objetivo é envolver a comunidade na luta contra o mosquito. – Nossa escola está atenta ao número crescente de casos de dengue. Cada um deve fazer a sua parte, colocando areia nos pratinhos das plantas, esvaziando garrafas e pneus – disse. Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, até semana passada foram registrados 654 casos de dengue no município de São João de Meriti, somente em 2008. Na semana que vem, o Ciep 165 – Brigadeiro Sergio Carvalho promete agitar o bairro de Campo Grande. A Zona Oeste é a área que registra o maior número de casos da doença. Os professores estão repassando informações e estimulando os alunos em sala de aula para a construção de cartazes, desenhos e slogans, campanhas. Para a próxima semana, serão agendadas palestras com representantes do Corpo de Bombeiros da escola e convidados especialistas. Os alunos também vão entrevistar vizinhos e montar um quadro com a estatística da doença na Zona Oeste. Na quarta-feira, o resultado de todo o trabalho será distribuído pelos corredores do Ciep. O Ciep Brigadeiro Sérgio Carvalho já é conhecido por ações de conscientização e preservação ambiental. No ano passado, a unidade organizou o I Fórum Ambiental do Rio da Prata – “O Jequitibá da Cidadania”, que reuniu representantes da comunidade escolar e de entidades públicas da região. Durante o evento, também foi lançado um vídeo educativo produzido por alunos da unidade. As ações serão exibidas hoje (28/3), às 19h, no Programa Salto Para o Futuro, da TV Escola, e reprisado na TV Brasil na segunda-feira (31/3), às 9h. – O combate à dengue está intimamente ligado à melhoria da qualidade de vida da população e, consequentemente, ligado ao meio ambiente e à implementação da Agenda 21 escolar – acrescenta a professora Ana Cristina Moraes da Costa, uma das organizadoras do Fórum. Outra escola que dá lições de mobilização é o CE André Maurois, no Leblon. Todos os 130 professores trabalharam com o tema. Atualmente, uma exposição no pátio do colégio reúne 27 cartazes feitos nas aulas de Biologia, com alertas sobre os perigos da epidemia. Mas o trabalho foi além dos muros do colégio. Os estudantes foram incentivados a procurar focos do mosquito Aedes aegypti no entorno da escola e das suas casas. Reconhecidos esses lugares, eles sensibilizavam as pessoas para a prevenção.Um próximo passo será a distribuição de panfletos. A professora de Biologia, Edméia Silva, promoveu um concurso entre os alunos para escolher o melhor material. Dois trabalhos foram classificados e vão ser reproduzidos para distribuição. Em ambos os casos os estudantes usaram muita criatividade para mostrar os sintomas e, principalmente, como evitar o aumento nos casos da doença.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: