Professor faz sucesso ao ensinar matemática na rua (Será que existe mercado para Filosofia também?)

9 11 2008

Fernando Torres – Extra

 

 

08_mvb_extra_professor

foto: Lucíola Villela 

RIO – O professor Márcio Antônio Barboza, 49 anos, é a nova sensação das calçadas cariocas. Com um microfone, uma caixa de som alimentada por uma bateria de moto, um retroprojetor e um quadro branco, ele ensina matemática ao ar livre. Seu sustento vem da comercialização das aulas em vídeo. Cada DVD custa R$ 30, e o investimento tem retorno certo. Quem garante é o próprio Márcio: “Se assistir e não entender, é só trazer que eu compro de volta”. (Assista aqui a um trecho da aula)

Sua metodologia particular de ensino, aliada ao carisma de um bom vendedor, atrai centenas de “alunos”, que param embaixo de sol escaldante e aprendem equações em poucos minutos. Muitas das fórmulas e regras complicadas são traduzidas em dicas rápidas, seguindo o que ele batizou de Método Mab.

- Cada um tem o seu jeitinho de dar aula. O meu tem como meta contagiar as pessoas. Ensinando passos básicos, a auto-estima do aluno cresce e a mente dele se abre ao que é mais complicado – diz o professor.

‘Sala’ é uma esquina

A sala de aula foge do padrão das escolas brasileiras. Sai o cômodo com quatro paredes e mesas, entra a esquina das ruas Uruguaiana e Sete de Setembro, no Centro. A temperatura não é tão agradável, mas o salário é compensador. Trabalhando das 10h às 17h, Márcio vende cerca de 350 DVDs por semana. Mesmo oferecendo descontos para quem leva mais de um disco, ele diz faturar cerca de R$ 8 mil por mês, valor próximo à remuneração de um professor com doutorado que dá aulas em uma universidade federal.

- Os métodos práticos que ele usa chamaram mais a minha atenção do que a maneira tradicional das escolas. É um ritmo dinâmico, sem muita complicação – afirma José Matias, de 18 anos, disposto a prestar concurso público nos próximos meses.

Ao mesmo tempo que ensina, o professor garante ser um “eterno aprendiz das ruas”. Segundo ele, as perguntas feitas pelos alunos contribuem para o desenvolvimento de seu método.

- Nas abordagens, surgem questionamentos que eu jamais imaginava. Cresço muito com essa convivência. As pessoas colocam desafios no quadro para eu resolver e isso me força a melhorar sempre – afirma Márcio.

Para a servidora pública Shirley Machado, a eficiência dessa didática pode ser comprovada pela grande procura do público. Ela comprou dois DVDs para dar ao filho, que vai prestar em breve um concurso para o Ministério do Trabalho.

- Adoro essa aula ao ar livre. Fico fascinada com o jeito que ele tem para explicar. Dá para perceber seu prazer em dar aula na rua – diz Shirley.

——————————–

Bem intere$$ante, o que o colega fatura por mês, é praticamente o que o Cabral me paga POR ANO!!!! O investimento é pequeno e o retorno muito substancial . Vejamos: quadro branco eu já tenho; bateria,  posso utilizar a do Corsa; retroprojetor, é só comprar um em 48 vezes e vamos à luta. Sinto que existe uma forte procura por Filosofia. Afinal são oito milha$ por mê$ e ainda atualizo meu bronzeado.

About these ads

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: